NOTÍCIAS | LISTAR TODAS

Por que devo capacitar minha equipe e qual o impacto disso?

17/07/2017      

 

Por Pamela Cilurzo, nutricionista da Qualinut Assessoria em Higiene e Qualidade dos Alimentos.

Pequenos negócios de alimentação são conhecidos por serem familiares, aconchegantes e realizado por pessoas que estão em busca de sucesso e de independência financeira. É muito comum conhecer ex-bancários, ex-economistas ou ex-executivos do mundo coorporativo buscando sua independência financeira ou liberdade para trabalhar sozinho e ser o seu próprio chefe dentro de um restaurante, bar ou vendendo aquela receita especial de família. O Brasil é cheio dessas histórias, especialmente nos momentos de crise, e são sempre histórias geniais, de superação, e carregadas de muita, mas muita dedicação mesmo.

Infelizmente, por serem pessoas que normalmente não conhecem o mundo dos serviços de alimentação, não possuem uma formação específica e tem pouco capital para investir no negócio, é muito comum ver estes novos sonhadores tendo pesadelos quando os problemas começam a aparecer: leis sanitárias que precisam ser cumpridas, funcionários sem experiência e que cometem erros que levam ao desperdício ou até mesmo a interdição e multa por fiscalizações.

Tendo trabalhado há quase uma década com serviços de alimentação de todos os tamanhos, digo, sem medo de errar, que o sucesso de um serviço de alimentação está na capacitação dos colaboradores e daqueles que gerenciam os negócios, inclusive os proprietários. Muitas vezes o próprio investidor precisa de orientação para entender os procedimentos, entender que trabalhar com comida é muito mais do que cozinhar aquela receita especial para amigos e família. Trabalhar com alimentação é trabalhar com a saúde das pessoas, já que um alimento contaminado pode adoecer ou matar, e isso é muito sério!

Após anos trabalhando com treinamentos e capacitação de equipes, desenvolvemos estratégias e dinâmicas voltadas especialmente para este mundo fantástico que é o mundo de uma cozinha! Lá dentro encontramos de tudo: pessoas que não sabem ler e pessoas formadas em faculdades renomadas; pessoas que são carregadas de experiência prática, mas nenhum conhecimento teórico e pessoas com conhecimento teórico, mas que não possuem a prática de uma cozinha lotada e pedidos amontados em um organizador de comandas; pessoas que trabalham na cozinha porque gostam e pessoas que trabalham na cozinha porque precisam, entre muitos outros exemplos.

Se me perguntarem o que é mais importante para o sucesso e a qualidade de um negócio de alimentação, digo sem pensar meia vez: esteja capacitado para o seu negócio e capacite seus colaboradores na função que desempenham.

Na Qualinut realizamos a capacitação em boas práticas, ou seja, a capacitação para que os procedimentos seguros de manipulação dos alimentos sejam seguidos em qualquer estabelecimento de alimentação, desde um pequeno restaurante familiar até uma indústria de alimentos, garantindo um alimento seguro e saudável para seus consumidores.

Pamela Cilurzo

Nutricionista formada pela USP, pós-graduada em Gestão da Qualidade pelo Instituto Racine. Atua como consultora técnica e coordenadora na Qualinut, é docente do Instituto Racine e membro da diretoria da ASBRAN. 

 

 

Fonte: Qualinut

 

  NEWSLETTER | VER ARQUIVOS

Preencha o formulário abaixo e receba nosso boletim com informações sobre nutrição, normas de higiene, novidades em legislação e dicas para potencializar seu serviço e ampliar seu conhecimento.

* Os dados serão armazenados em ambiente seguro

 

ONDE ESTAMOS
Rua Luís Coelho, 308 conjunto 25
Consolação - São Paulo - SP
Telefone +55 11 2865-8128

www.facebook.com/qualinut

 

        

QUALINUT - Assessoria em Higiene e Qualidade dos Alimentos 2016 - Todos os direitos reservados